A fasceíte plantar é uma patologia frequente e a causa mais provável de dor no calcanhar. É causada pela inflamação, degeneração e eventual calcificação da inserção da fáscia plantar no calcâneo, motivo pelo qual se chama muitas vezes de “esporão do calcâneo”. Esta patologia está associada a obesidade, sedentarismo, pé plano e pé cavo.
Os microtraumatismo de repetição, por caminhadas prolongadas ou corrida, fazem agravar os sintomas.
O tratamento é habitualmente conservador, sendo raros os casos que necessitam de cirurgia.
Por vezes diagnósticos menos frequentes podem ser a causa da dor.
A figura representa um caso com vários anos de evolução, de dor resistente a todas as medidas de tratamento conservador, infiltrações e ondas de choque.
Na Ressonância Magnética observa-se uma ectasia venosa marcada (seta) que envolvia as divisões do nervo tibial (cabeça de seta).
A exploração cirúrgica confirmou os achados imagiológicos. Após a dissecção cuidada da veia tibial e isolamento das suas tributárias (imagem acima), removeu-se o segmento venoso dilatado, sendo perceptível o efeito de descompressão sobre o nervo tibial e seus ramos plantares, contribuindo para o alívio das queixas.
error: Content is protected !!